Projeto Amazônia Legal Urbana lança estudo sobre a cidade de Manaus durante webinário

Em abril, ocorreu o terceiro lançamento do Projeto Amazônia Legal Urbana. Desta vez, o foco do estudo foi o município de Manaus (Amazonas). No dia 28, as pesquisadoras Andrêa Ferreira e Emanuelle Góes e o pesquisador-coordenador Diosmar Filho conduziram o Webinário “Análises Socioespaciais sobre Mudanças Climáticas na Amazônia Legal Urbana: Manaus”, no qual apresentaram o estudo que revela a grave desigualdade racial, étnica e gênero que afeta a população manauara em face dos impactos causados pelas mudanças climáticas.

O paper intitulado “As desigualdades urbanas e a metrópole regional em tempos de mudanças climáticas: Uma análise socioespacial de Manaus (AM)” trouxe dados que apontam a capital do Amazonas como um dos municípios da região Norte que está distante de assegurar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

 

Durante o lançamento do estudo, a equipe de pesquisa contou com o apoio e mediação de Leonildes Nazar, coordenadora da Iniciativa Amazônia Legal Urbana/iCS e a presença de Francimar Junior, historiadora e articuladora do Movimento de Mulheres Negras da Floresta – Dandara, além é claro da participação sempre inspiradora de estudantes, pesquisadores e ativistas que acompanharam o webinário via chat no Youtube.

“Precisamos que pesquisadoras e pesquisadores tragam isso através da academia para que o movimento tenha em mãos e comece a cobrar e a propor políticas que de fato beneficiem a população. Não adianta dá um pedaço de chão se não tem todo um processo d e estrutura para que aquelas famílias e aquelas pessoas possam viver bem com dignidade, com igualdade nesses espaços urbanos. Para nós do movimento de mulheres negras do Fórum Permanente de Mulheres de Manaus é sempre bom nós trazer a realidade à tona para que a gente possa despertar o nosso povo”, destacou Francimar Junior.

Confira abaixo a íntegra do lançamento: